quarta-feira, 6 de abril de 2016

Delegado Jacovós coloca na cadeia Colombiano que planejava sequestro em Apucarana


 Elver Andres Rios Franco, de 32 anos, estaria planejando realizar sequestro em Apucarana; ele nega a acusação.
Foto: José Luiz Mendes

Vereador Deco Araújo 

Conversas pelo Facebook 

Comprovantes de movimentação financeira


Após uma série de investigações, inclusive através de checagem em redes sociais, a Polícia Civil de SOB O COMANDO DO DELEGADO JACOVÓS, prendeu um colombiano suspeito de planejar o sequestro da filha do presidente da Câmara de Vereadores, José Aírton Deco de Araújo. Ele foi apresentado à imprensa na manhã da última sexta-feira (1). O colombiano, no entanto, nega a acusação. A polícia informou que ele integra uma organização que faz empréstimos a juros de 20% e quem não paga sofre ameaças. Comprovantes da movimentação financeira foram apreendidos. De acordo com o delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial (SD), Elver Andres Rios Franco, de 32 anos, já teria encaminhado mensagens através de redes sociais comentado a possibilidade do sequestro e afirmando que o vereador "teria muito dinheiro". A polícia de Apucarana foi informada sobre o possível plano do sequestro da filha do vereador pelo setor de Inteligência da polícia de Porto Velho, em Rondônia. "Inclusive há postagem desse colombiano em rede social afirmando que tem matar polícia", disse o delegado Jacovós. Comprovantes de movimentação financeira foram apreendidos. - Já o vereador Deco ficou amedrontado com a situação. Ele esteve na 17ª SDP durante a apresentação do colombiano. "Hoje devemos ter muito cuidado, pois os criminosos não têm qualquer tipo de limite em suas intenções. Mas a polícia de Apucarana foi eficiente e conseguiu colocar um ponto final nessa situação ", afirmou Deco. O caso teve grande repercussão popular em Apucarana e região.
A polícia divulgou a conversa entre o presidente da câmara e o suspeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário