domingo, 30 de abril de 2017

Dois adolescentes de Sarandi envolvidos com o jogo suicida “Baleia Azul” estão recebendo atendimento no CEME


Dois adolescentes de Sarandi estão recebendo atendimento psicológico do Ambulatório de Saúde Mental, do CEME – Centro de Especialidades. O Conselho Tutelar recebeu uma denúncia anônima e depois de investigar o caso, constatou que havia características de que os jovens participaram do Jogo suicida “Baleia azul”. A família foi orientada e encaminhada para o acompanhamento oferecido de graça pelo município. Segundo o Psicólogo e Coordenador Municipal do Ambulatório de Saúde Mental de Sarandi, Danilo Silveira (CRP 08/17.204), é preciso que os pais monitorem os filhos. “Os pais devem ter acesso aos sites, contatos nas redes sociais e perceber os possíveis conflitos. Um adolescente que sofre bullying na escola pode ter uma pré-disposição a desenvolver um transtorno mental”, explica. De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde) existem 350 milhões de pessoas de todas as idades, que sofrem com a depressão no país. No Ambulatório de Saúde Mental em Sarandi, são 45 consultas psiquiátricas e 90 atendimentos psicológicos por semana. Um índice considerado alto para a cidade. A falta de vínculo familiar é o principal indicativo para o aumento da doença nos últimos anos, ressalta Danilo Silveira. O jogo “baleia azul” surgiu na Rússia, mas viralizou nas redes sociais do Brasil, consiste em uma série de 50 desafios diários que envolvem automutilação, mas o objetivo final é tirar a própria vida. Trata-se de um crime cibernético, pois instigar o suicídio é crime, previsto no artigo 122 do Código Penal. A pena pode ser de dois a seis anos de detenção ou de um a três anos, se for confirmado lesão corporal grave. O CEME também atende outros casos de transtorno mental, mas é preciso de um encaminhamento médico da (UBS) Unidade Básica de Saúde. O CEME fica na Av. Borsári Neto, no Jardim Social e atende das 7h00 às 17h00. Para denúncia sobre jovens que estejam envolvidos com o jogo “Baleia Azul”, pode ser feita ao Conselho Tutelar número 44-3264-8670 ou no plantão: 44-99142-4144. Fonte: Ascom Sarandi

Nenhum comentário:

Postar um comentário