quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Centro de Especialidades será inaugurado dia 27







O Centro de Especialidades Pioneiro Santo Previato  de Sarandi (nome dado em homenagem ao pioneiro da cidade) CEME, vai ser inaugurado no dia 27 de novembro as 9h30m, Avenida Borsari Neto, 100 Jardim Social.



O radiologista Gustavo Rodrigo Vieira assume o setor de radiologia do Centro, que terá a capacidade para fazer 300 radiografias por mês. Gustavo foi conhecer o CEME acompanhado pelo Prefeito e Sarandi Carlos de Paula. O Centro conta também com uma central de esterilização com máquinas de autoclave, lavanderia industrial, um auditório para palestras para o treinamentos dos funcionários da saúde.



Segundo o Diretor do CEME, Sergio Borges de Lima, o Centro vai atender nas especialidades de cardiologia, ortopedia, psicologia, psiquiatria, oftalmologia, fonoaudiologia, fisioterapia, otorrino, dermatologista, gastro, radiologia. Serão realizados testes de esforço, eletrocardiograma, ultra som intravaginal, audiometria, e uma ala para fisioterapia.



A Prefeitura firmou um convênio com a faculdade Uninga de Maringá, que vai prestar atendimento no CEME. Conforme Sergio o Centro vai ter a capacidade para atender de 13 a 15 mil pessoas por mês. O atendimento será feito da seguinte maneira, o paciente busca atendimento em uma UBS com um clinico geral, que encaminha para um especialista, este pedido vai ser levado para a Central de Agendamento que funciona na Secretaria de Saúde que vai mandar para o CEME.



O diretor explica que a farmácia municipal, já esta funcionando no prédio, e atende 8 mil pessoas por mês. Ele solicitou também ao diretor da empresa TCCC, responsável pelo transporte publico no município, Luiz Carlos, que prolongasse a linha que faz Vale Azul, Alvamar até o CEME, e a linha metropolitana do Jardim Universal também passa pelo Centro, facilitando assim o deslocamento dos moradores.



A construção deste hospital representa uma economia aos cofres públicos de cerca de R$ 650 mil reais por ano, que são gastos com encaminhamento de exames clínicos, feitos com o consórcio de saúde. A obra foi construída em um terreno de 18 mil metros quadrados no fim da Avenida Londrina, são dois mil metros quadrados de área construída. O investimento desta primeira etapa do núcleo de saúde é de R$ 3 milhões, recursos inteiramente do município. Para a compra dos equipamentos o município conta com emendas individuais, apresentadas de deputados mais R$ 2 milhões do governo Federal. O Hospital é dividido em quatro blocos de 450 metros quadrados, cerca de 60 salas.





Assessoria de Comunicação de Sarandi

Nenhum comentário:

Postar um comentário